Translate

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Sem votos, mas no Senado

Já expressei o meu desconforto com aqueles que levam cargos eletivos sem terem sido eleitos. Como SEMPRE, teremos isso mais uma vez. É comum na Câmara mas epidêmico no Senado. Como mostra a coluna O Filtro da Revista Época, hoje:

" Senadores sem votos

A depender das escolhas do segundo turno das eleições, dez novos senadores podem chegar ao poder sem ter recebido sequer um voto individual no dia 5 de outubro. Os suplentes dos senadores que disputam os cargos de governador e de presidente e vice – no caso de Aécio Neves (PSDB) e Aloysio Nunes (PSDB). Alguns já conseguiram o cargo após a eleição de Pedro Taques (PDT) e Wellington Dias (PT) nos governos de Mato Grosso e Piauí, segundo a Folha.  O caso lembra como é importante pensar nos suplentes ao escolher seu senador. Vários candidatos escolheram empresários que financiaram parte de sua campanha para o cargo".

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...