Translate

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Algumas palavras sobre José Marques, meu futuro vereador (19.999)

A função de vereador é das mais inglórias no serviço público, entre os cargos eletivos. É muito fácil ser acusado de não fazer nada, devido à competência residual para quase tudo que deve ser feito. Porém, entre as atribuições políticas que detém, é preciso uma perspectiva do que significa a cidade.

Acompanhei a atuação signficativa de José Marques em nome da inclusão digital em Alagoas. Não apenas em Maceió, mas integrando cidades diversas. Também pude torcer passo a passo por sua luta contra o aumento da passagem de ônibus. Além disso, atuamos juntos em atividades acadêmicas em uma faculdade de Direito onde ensino e ele estuda. Longe do fim, mas encerrando este resumo, ainda surpreende pelos contatos entre atividades culturais diversas, artísticas e religiosas, pela cidade. 

Um vereador competente é alguém que represente a cola entre diversos focos de conflitos e problemas da cidade. A área urbana, cada vez mais caótica, não representa mais facilmente urbanidade como sinônimo de civilização, mas de guerra por espaço, seja ele físico seja ele a luta por ser ouvido. 

Marques ouve bem a todos. Tem gerado rara admiração diante de sua vontade de saber dos problemas alheios para tentar ajudar. Não por curiosidade nem por interesse, mas para construir o diálogo ilimitado. 

Estive nesta semana em um encontro de blogueiros que o apoiam na sua trajetória política. Tenho certeza de que, se não fosse por ele, haveria poucas outras lutas que integrariam a mesma mesa. É inspirador ver alguém explorar seu potencial na construção de uma carreira política que respeita o sentido original da política: alguém que quer viver para a Polis, para a coletividade, facilitando redes de convivência. 

Voto em José Marques por uma renovação, que enfim tem uma boa oportunidade, na Câmara de Vereadores de Maceió.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...