Translate

terça-feira, 13 de março de 2012

Asilo acadêmico para intelectuais em risco

O G1 entrevistou Robert Quinn (foto abaixo, à direita), um dos dos responsáveis pela organização Scholars at risk. A ONG protege intelectuais perseguidos em diversos países, fazendo contato com universidades para que possam atuar como professores visitantes e assim sair em segurança de seus países. Um exemplo da atuação da entidade aparece na condição do professor sírio Radwan Ziadeh:

O sírio Radwan Ziadeh escreveu dez livros, fundou o Centro de Direitos Humanos de Damasco e é hoje uma das principais vozes da oposição ao regime do presidente Bashar al Assad, que comanda uma repressão violenta que já deixou mais de 7.500 mortosna Síria. Ziadeh está fora de seu país - e provavelmente por esse motivo pode continuar seu trabalho livremente. Em 2007,ele entrou em contato com uma organização chamada Scholars at Risk ['Intelectuais em perigo' - site em inglês], que o ajudou a conseguir abrigo nos Estados Unidos, onde ele atualmente é professor visitante no Instituto de Estudos sobre Oriente Médio da Universidade George Washington.


Para ler a entrevista, clique aqui.


A entrevista é parte da série Transformadores - pessoas que mudam o mundo. Para conhecer todas as pessoas que fizeram parte das reportagens do canal online, clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...