Translate

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Semana de aniversário, retrospectivas, perspectivas e prospectivas

Este blog surgiu na última semana do ano de algo em torno de sete anos atrás. Não há dia exato e me confundo quanto ao ano. A cada ciclo de 365 dias, são grandes mudanças comigo e com essa criança eletrônica que alimento periodicamente com umas palavras soltas.

Comecei o ano com mais uma pauta contínua, o meu Manual de Metodologia para a Pesquisa Jurídica, pequeno sonho de dois anos de gestação que passei o ano divulgando e vendendo. Tive as bençãos de amigos, de um dos meus empregos (o outro merece ser ignorado agora que é ex) que hoje já se tornou exclusivo e de muitos leitores do blog. Após um feliz lançamento na Universidad de Buenos Aires em janeiro, pude divulgá-lo em salas de aulas, em eventos jurídicos, até a gentileza da divulgação em bancas de TCC eu recebi. Foi um período de grande e fraterno apoio.

Por falar nos leitores, foi um ano de fusão entre o blog e redes sociais. Se já estava por assinaturas automáticas, agora ficou mais dinâmico por meio de Twitter e Facebook, com direito a uma página própria neste último e ainda nele uma livraria eletrônica para o manual. A propósito, agradeço a quem curtir a página do blog para receber atualizações. 

Pude me integrar a uma blogosfera alagoana que eu nem sabia que existia. Conhecia blogs e blogueiros locais, mas não sabia que havia uma gestão crescentemente estruturada e estruturante, de gente dedicada a aproximar quem escreve periodicamente pela internet. Aumentaram minha responsabilidade com o blog, já que entre eventos, blogagens coletivas espontâneas, prêmio de blogs surgiram novas e rápidas pautas continuamente.

Novas emoções surgiram, novas felicidades, se chorei ou se sorri... é como diz o poeta. A perda de um parente querido reaproximou de primos queridos, a perda de um emprego trouxe emoções novas ao meu lado, a perda de peso trouxe disposição, para cada perda lá vem alguma conquista. Tristes são as perdas que se tornam omissões, lacunas, nas vidas.

Para 2012, não me espera menos do que muito mais do que em 2011. Haverá novos lançamentos literário-acadêmicos. Serão novo livro e a participação em uma coletânea, coorganização de outros dois livros coletivos, publicação de artigos em três revistas acadêmicas (no mínimo), conclusão logo em janeiro de todos os trabalhos do Doutorado e até julho depósito do projeto correspondente, enfim, novas e amplas etapas. Se boa parte do que está por vir ainda não é possível adiantar, o motivo é não estragar surpresas felizes.

Que o ano seja assim para todos, uma sucessão de surpresas felizes que superem os pequenos espantos que por vezes nos acompanham.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...