Translate

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Compras coletivas - aprecie com moderação

Como uma epidemia, sites de compras coletivas se expandem pela internet. Infelizmente, nem sempre com vantagens tão grandes. Sem desconsiderar o serviço, até porque um dia talvez eu ceda à tentação, mas há algumas reflexões necessárias enquanto se vai usar algo assim.

O que é mais comum é que se determinada mercadoria ou serviço alcançar certo número de clientes, o preço despenque. São quedas que aparentam ser bem interessantes. Mas vamos a um exemplo dessa semana. Petit Gateau por metade do preço em certa sorveteria. Se você não costuma tomar sorvete ou cortou a sobremesa dos almoços, não é economia, mas gasto a mais. É nova modalidade de marketing que te faz consumir o que antes não interessava. Tudo apenas porque o preço pode ficar muito interessante, sem que necessariamente o que vai consumir seja alguma maravilha.

Vi anúncio na TV de cinemas que reduzem em 60% o preço do ingresso do mesmo modo. Ninguém diz qual é o filme. Já existem promoções equivalentes nos cinemas dependendo do dia da semana ou do horário da sessão. Sem contar que estão surgindo vantagens se forem filmes nacionais, devido à lei que impõe horas de filmes brasileiros nas salas de todo o país. Portanto, muitas vezes as compras coletivas além de ativar impulsos consumistas, podem te fazer não perceber promoções ainda mais interessantes por outros caminhos.

Me incomoda especialmente o aspecto coletivo. É noção econômica simples: se muita gente quiser algo, o preço cai. Até aí, não há novidade; a novidade é que algo que pode estar com má saída no estabelecimento vai ser divulgado como objeto de compra coletiva e só por isso se torna atraente. Nosso senso crítico-consumista pode ser sacrificado. Afinal, se algo não tem tanta procura normalmente, talvez seja simplesmente ruim.

Por fim, o que mais me incomoda: fazem que nós nos tornemos spammers gratuitos. Quase todo dia vem ao meu email, encaminham por twitter e facebook, promoções de compras coletivas. Anúncios se multiplicam por meio de amigos, parentes, conhecidos em geral. Se a publicidade exagerada já é uma ferida aberta na internet, há milhares de dedos na ferida para que aumente. Vou bloqueando todos que me enviem isso, dia a dia. Logo meu email estará sem mensagens novas alguma semana inteira. 

De todo modo, aprecie com moderação.

1 comentários:

Marcos Willian Souza de Almeida disse...

Estou vivendo em Portugal e vejo que está começando ainda "Compras-Coletivas!" poucas compras ainda, mais acredito que vai fazer sucesso aqui também, como tem em varios países do mundo!!
=)

Albuns sites de Compra Coletiva de Portugal!


http://pt.letsbonus.com/


http://www.clubefashion.com


http://www.goodlife.com.pt

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...