Translate

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Nick Hornby também é contra preconceitos literários

Encontrei essa grande citação de uma coluna do escritor Nick Hornby sobre preconceitos literários.

“E por favor, pelo amor de Deus, parem de fazer pouco caso daqueles que estão lendo e curtindo um livro – O código Da Vinci, por exemplo. Para início de conversa, ninguém sabe que tipo de esforço isso representa para o leitor. Pode ser o primeiro romance adulto que a pessoa esteja lendo na íntegra; pode ser o livro que finalmente revele o propósito e a alegria de ler para alguém que até então estava confuso pela atração que os livros exercem sobre os outros. E, de qualquer forma, ler por diversão é o que todos nós deveríamos fazer. Não quero dizer que todos deveríamos estar lendo romances água-com-açúcar ou suspenses baratos (embora, caso seja essa a sua praia, por mim tudo bem, pois vou lhe contar um segredo: nada de mau lhe acontecerá se você não ler os clássicos ou os romances que ganharam o Booker Prize deste ano; e, mais importante, nada de bom lhe acontecerá caso você os leia); estou simplesmente dizendo que virar páginas não deve ser como caminhar num pântano com lama até a cintura. Os livros são para ser lidos, e se você achar que não dá pé, provavelmente a culpa não é da sua incapacidade: às vezes, os “bons” livros podem ser bem ruinzinhos”

Concordo completamente. E você? O que está lendo?

Encontrado na coluna de Liv Brandão em O Livreiro
 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...