Translate

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Pensando nos 25 anos de "We Are the World" e na luta pelo Haiti




Não faz muitos dias, um cantor preguiçoso nos EUA disse que em vez de cantar seus colegas deveriam abrir seus bolsos para doações ao Haiti. Contudo, a primeira versão de We Are the World arrecadou US$ 60 milhões. Ninguém tem a obrigação de ficar exibindo seus cheques, o que pode ser uma iniciativa exibicionista muito infeliz. Além disso, doar seu tempo naquilo que faz melhor, integrando colegas de trabalho na mesma atividade, é muito construtivo. É esforço pessoal pelo projeto escolhido. Sem desconsiderar doações que muitos deles fizeram nos últimos meses sem comunicar (ex.: Wyclef Jean tem ONG no Haiti), o dinheiro é impessoal. A arte, não.
Vamos pensar mais na música, nesta música em especial. Quincy Jones produziu a canção de Michael Jackson e Lionel Richie. Conseguiu mostrar o quanto aprendeu em 25 anos. A música está multiétnica. Não apenas pela diversidade de nacionalidades e cores de seus intérpretes, mas com a incorporação de sonoridades diversas, que dão a ideia mais clara de que somos o mundo e suas crianças, como diz a letra.

A primeira versão, mesmo sendo linda, era "popíssima", mais a cara de Michael Jackson do que qualquer coisa. Nada do heavy metal, que estava em ótima fase, nada do blues ou do jazz, então bem recebidos no cinema. Desta vez, o haitiano Wyclef Jean, o espanhol Enrique Iglesias, o mexicano Carlos Santana; o jazz com Gladys Knight e Tony Bennett; o R&B com Usher e Pink; o rap com Kanye West e Snoop Dogg... Quincy Jones  (foto à direita) e Lionel Richie fizeram mais do que lembrar do próprio trabalho, mostraram homenagem à música e respeito ao caráter cosmopolita da proposta da sua obra.

Outra inovação é o que a internet permite. É possível fazer doações pelo próprio Youtube. Para isso, clique duas vezes no vídeo acima e encontrará na página do vídeo um link para doações. Também é possível fazer doações baixando a música em seu site, como é explicado no fim do vídeo.

-----------------------------------------------------

Uma iniciativa em espanhol está sendo preparada. Juanes divulgou nesta semana que fará um show com toda a renda da apresentação bem como do CD sendo destinada à reconstrução do Haiti. Contará com Alejandro Sanz e Miguel Bosé (foto à esquerda). Juanes já fez no ano passado um grande show com diversos cantores de língua espanhola em Cuba, iniciativa pioneira de solidariedade musical naquele país.

-----------------------------------------------------

Como divulgou Luciana Sanches, haverá também um tributo punk, organizado por Shane MacGowan com participações de Marilyn Manson, Nick Cave, Creedance Clearwater Revival etc. cantando I put a spell on you. A renda do single será revertida para a ONG Concern, para ser encaminhada ao Haiti.

Imagens obtidas pelo Google Imagens 


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...