Translate

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Nesse Natal, escolha botas



Há uma campanha muito simpática em muitos shopping centers com árvores cheias de botas de papelão. Você pode encontrar ali os sonhos de crianças (e adultos com deficiência mental). Já comentei no ano passado a Árvore dos Sonhos.

Em árvores de Natal (foto acima), ficam botinhas de papelão com os nomes de crianças atendidas por diversas ONGs. Em cada botinha, consta o nome de uma criança com indicações da idade, quanto calça, que tamanho veste e o que gostaria de ganhar de presente. Depois de escolher uma ou mais botinhas, é só comprar nas lojas os presentes e depositar no quiosque da campanha.

Lembre na hora de escolher que, para muitas das crianças, será o único presente de Natal da vida. Então, não vale embalar algo sem uso em casa. Tomo sempre a iniciativa de escolher brinquedos. Sempre pego entre as botinhas escolhidas uma criança que peça uma bola. Afinal, assim quem não ganhar brinquedo algum poderá brincar com quem tem uma bola nova. Fica a dica para indecisos.

Dessa vez, comprarei um carrinho para Rafael, de 06 anos, do Lar São Domingos, e uma bola para Juan Vitor, de 08 anos, da APAE. Quando for comprar os brinquedos ainda vou conferir alguma menina para uma boneca.

Mais algumas sugestões, repetidas do ano passado:

  • Preste atenção se o brinquedo precisa de acessórios comprados por fora ou de pilhas ou baterias não incluídas.
  • Evite o que for muito frágil. Lembre que ainda será transportado até a criança.
  • Custa quase nada colar um pirulito no brinquedo. A loja onde comprei providencia os pirulitos.
  • Muitas das crianças são órfãs ou vindas de lares violentos. Evite brinquedos com referências a família. Podem atrapalhar mais que ajudar.
  • Há crianças que pedem genericamente "brinquedo". Para essas, recomendo jogos, pois assim poderão chamar coleguinhas que não tenham recebido presente algum para brincar junto.
  • Não estranhe botinhas que pedem videogame e outros brinquedos caros. Todo mundo tem o direito de sonhar aos três anos de idade.
  • Evite brinquedos usados. Estes podem ser dados em qualquer ocasião do ano. A circunstância pede atenção à criança e para isso a escolha de algo que terá um primeiro dono é importante.
  • Inclua um cartão de Natal. Essa prática quase desaparecida em tempos de webcards volta nessa oportunidade. Então, aproveite.
A entrega dos presentes é até 13 de dezembro.

Quem também participar, pode deixar comentários aqui sobre quem presenteou e qual foi o presente.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...