Translate

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Enfim, uma ideia para a oposição. Mas não basta.

Do Blog do Lute

Lula prometeu que não haveria apagão em seu governo. Há poucos dias, Dilma disse quee não havia risco de apagão. Dilma foi ministra de minas e energia e hoje é chefe da casa civil. Deveria saber do que estava falando. Afinal, foram 62 apagões neste ano. Apenas o presidente conquistou o direito de dizer que não sabia de coisa alguma.

O grande problema é a ausência de oposição. Não há um grupo organizado no Poder Legislativo, na sociedade civil, nas universidades, na igreja, em lugar algum que possa pressionar o Poder Executivo para se expressar com seriedade.

Próximos passos do monopólio lulista da fala ainda serão dados. Ele nunca está satisfeito. Há o projeto do bolsa-cinema, com R$ 50,00 para trabalhadores poderem ir assistir ao filme da vida do presidente em 2010. Há também o projeto do bolsa-celular, em que cada um dos que têm bolsa-família possa ganhar um celular (70% já têm, mas que diferença faz ao presidente...).

Diante de tudo isso, o que a oposição consegue oferecer? O apagão durou menos do que aquele do governo Efeagácê. Isso não desqualifica a existência de uma desordem no nosso sistema energético que tem sido tratada sem o devido zelo por sucessivos governos. Porém, isso elimina a força eleitoral, então não seria bom argumento pré-eleitoral.

Ainda continuaremos procurando o que a oposição possa dizer e fazer. Enquanto isso, parece que Dilma vencerá a próxima eleição por W-O.

Atualizando em 19/11:




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...