Translate

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Lula, o indiscutível em 2010?

Publiquei comentário no blog do amigo Adrualdo que achei por bem incluir aqui. Tratava-se de reflexão de Adrualdo sobre duas questões pertinentes: o cinismo do povo sobre a política e a dificuldade para criticar Lula em Pernambuco.

O cinismo com a política é preocupante. Afinal, torna inúteis as campanhas que divulgam a ficha suja dos candidatos das próximas eleições. A despeito daqueles com ficha limpa (sim, eles existem), quem evita o debate político afirmando que todos roubam e todos mentem, votará em qualquer um ou em ninguém. Das duas formas, os bandidos serão beneficiados.

Mesmo assim, não é fácil simplesmente culpar o povo brasileiro. Segundo pesquisa da UFMG, está cansado de tantos escândalos sem punição.

De todo modo, segue o que deve ocorrer para ficar ainda mais difícil criticar Lula no período pré-eleitoral, em 2010:

1 - Empregos direta ou indiretamente ligados ao Canal do Sertão, prometidos para 2010;

2 - Boatos pré-eleitorais sobre oposição ser contra bolsa-família (foram usados na última eleição);

3 - Vale-cultura (ou vale-pinga?);

4 - Emendas parlamentares para 2010;

5 - Filme da vida do Lula em 2010, exibido dentro e fora de salas de cinema;

6 - Lula tem dois candidatos (Ciro e Dilma). Ex-ministra dele como "oposição". Serra isolado.

7 - Copa do Mundo;

8 - Olimpíadas;

9 - Já pode fazer campanha, como bem disse Adrualdo, promovendo obras atrasadas. A oposição tem que esperar 2010 para começar;

10 - Maior tempo de TV entre os prováveis candidatos;

11 - Povo está cada dia mais cínico com a política.

1 comentários:

Antonio Celestino disse...

É o Lula Lá!

Antes de ser eleito e no início de seu mandato eu até conseguia criticar Lula numa boa. Hoje está muito mais difícil, agora nessas eleições vai ser algo quase impossível mesmo.

Uma coisa que estava percebendo ontem em minha aula de Direito Constitucional é como as Constituições brasileiras duram tão pouco tempo. E agora 22 anos depois da constituição de 88 teremos uma eleição sem Lula como candidato mas "comandando" 2 (ou 3) candidatos. Se ele ganha tem garantido mais 8 anos de poder e então está "tudo tranquilo". Mas e se ele perder?!?! Sinceramente temo um golpe. Pelo menos é assim que a historia tem nos ensinado.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...