Translate

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Ao Álvaro

Ontem, faleceu meu amigo Álvaro Larangeira. Foi quem me convidou para coordenar pós-graduação em Direito da Mauricio de Nassau em Maceió (aceitei por ele dizer que sabia da inexperiência, mas confiava em mim) e quem me fez não desistir disso por duas vezes durante o último ano.

Morreu como gostava de se apresentar seja no currículo seja em cursos de microensino, em um dos quais fui seu aluno. Ótimo curso. Como motociclista viajando pelo interior de Pernambuco, numa rodovia. Por mais trágico que seja, fazia parte da personalidade dele e, tenho certeza, era um momento em que estava feliz.

Que a família fique bem.

Mais informações, no jornal Minuano.




2 comentários:

Motochileiro disse...

Eu também senti pela morte do Álvaro. Falei com ele no dia anterior, pois tinha articulado com um amigo em Teresina para ele ficar em sua casa.
Fiquei chocado. Tínhamos combinado dele vir a Belém, onde moro, em outubro.
Perdi três pessoas conhecidas nos últimos três meses, o mais recente o Álvaro. Isso me fez refletir e escrever algo em meu blog, assim como vc fez. O endereço é http://motochileiro.blogspot.com

Antonio Celestino disse...

Prof. Álvaro foi uma grande inspiração para mim, tanto que convidei ele para ser meu orientador no meu trabalho de conclusão do curso de Administração, além disso já fui aluno dele em duas ocasiões. O Prof. Álvaro era um de meus clientes mais entusiasmados, dava pra notar em seu rosto como sua expressão mudava ao falar de motocicleta, ele deixava de ser aquele professor sério e centrado e passava a ser um jovem apaixonado pelo seu hobby.

Concordo com o que o Prof. Sérgio escreveu, apesar de nos deixar de forma trágica também tenho certeza que ele estava feliz. Meu último contato com ele foi na quinta-feira passada quando ele passou lá na loja para instalar uns bauletos laterais na sua motocicleta e como sempre ficamos um tempão conversando, eu, ele e meu pai, sobre a sua moto, suas aventuras, sobre seu GPS (outra paixão do Prof. Álvaro) e tecnologia. Vou sentir falta de me encontrar com ele no corredor da faculdade e dar uma paradinha de dois minutos para bater papo e trocar ideias.

Ele vai deixar muitas saudades, mas também vai deixar um ótimo exemplo de vida.

Rezarei para que sua família encontre forças para suportar essa situação.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...