Translate

sábado, 1 de novembro de 2008

Beijo coletivo contra violência

Deu na Folha de hoje:

Um "beijaço" gay foi realizado na noite desta-sexta-feira (31) na USP como protesto contra a polêmica gerada pela agressão de um casal homossexual em uma festa na semana passada, no curso de veterinária da universidade.

Os estudantes de letras, Jarbas Rezende Lima, 25, e José Eduardo Góes,18, que afirmam ser apenas amigos, contam ter sido expulsos por "empurrões e pontapés" depois de um beijo no palco de um baile funk promovido por alunos de veterinária na sexta-feira (24).

Segundo a Conlutas (Coordenação Nacional de Lutas), que promoveu o beijo coletivo entre pessoas do mesmo sexo, ao menos 300 pessoas eram previstas para participar da manifestação. O "beijaço" contou com apresentação dos atores do Espaço dos Satyros.

Obs.: Uma sociedade em que beijo vira forma de protesto tem que ser muito carente. Pior apenas saber que é forma de defesa, afinal é resposta aos espancamentos sofridos por um casal que se beijou num baile funk, festa normalmente associada a muito tesão e pouco afeto. É preciso ser muito triste para bater em alguém porque beijou alguém do mesmo sexo. É difícil haver tréplica violenta diante de um beijo coletivo de 300 pessoas. Parabéns aos manifestantes.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...