Translate

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Aproveitando a onda Obama

Se Obama for eleito Presidente dos USA nessa semana, será sob o lema de que é preciso mudar. Para que passe da esperança para a prática, como cidadão de um país bem longe de lá, segue minha lista de mudanças.

Não dou palpites sobre a crise financeira pois, se os palpiteiros profissionais têm errado todos, prefiro não arriscar. Lá vão minhas sugestões:

  1. Precisa tirar logo nos primeiros meses de mandato as tropas americanas do Iraque. Todas. Superará a tese republicana de que o Iraque teria ligação com o ataque às Torres Gêmeas.
  2. Deve acabar com os tribunais secretos que punem estrangeiros por suspeita de terrorismo. Mais de 1.100 estão detidos sem julgamento. Superará a xenofobia republicana.
  3. Tem que acabar com o embargo econômico a Cuba. Até Fidel já deixou o poder lá. É um confronto anacrônico, já superado pelo mundo, menos pelos USA.
  4. Se mantiver a base de Guantanamo, que ela não seja usada para manter prisioneiros sem julgamento. Superará a falta de um Estado Democrático.
  5. Deve acabar com os grampos telefônicos e à internet a todas as pessoas tidas pelo governo como suspeitos de serem terroristas. Superará o Estado Policial republicano.
  6. Precisa ampliar o Conselho de Segurança da ONU, para tornar representativa a nova ordem de poder mundial, com pelo menos um país da América Latina (e prefiro que seja a Argentina que Lula já está com prestígio internacional demais). Superará o centralismo dos países com armas de destruição em massa.
  7. Deve colaborar com a quebra de patentes de medicamentos. Se um ministro da saúde brasileiro conseguiu tantos progressos, imaginemos o que o presidente de lá conseguiria. Superará a crise do sistema de saúde norte-americano.
  8. Precisa incentivar o Congresso (onde espera-se que tenha maioria folgada) a regulamentar pesquisas com células-tronco. Superará a dominação criacionista republicana.
  9. Deve contribuir para a reconstrução do Afeganistão após o massacre da sua população em nome de encontrar Osama Bin Laden. Deve esquecer Osama Bin Laden. Ele já conseguiu o que queria.
Contudo, antes deve vencer a eleição.
Ou ficará tudo como está.

E você, tem alguma sugestão para aumentar a lista?

1 comentários:

Adrualdo Catão disse...

Grande Serginho,

das mudanças propostas, concordo com algumas, não com outras. Mas uma delas eu tenho certeza que não vai se realizar.
Obama prometeu matar Osama. Ele não pode nem vai esquecer os atentados de 11/09. É uma dívida que Bin Laden mais cedo ou mais tarde vai ter que pagar e Obama sabe disso.
Sem querer defender a política de "guerra contra o terror" legitimadora de tantas formas de violação de direitos individuais, acredito que não há diálogo possível com a Al Qaeda.
Ademais, sem os EUA presentes, o Afeganistão será tomado de novo pelos Talibans. Por isso, ainda vejo Obama como uma incógnita, mas tenho certeza de que certas políticas tidas como "republicanas", na verdade são simplesmente "americanas", para o bem, na minha opinião.
Abraços.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...