Translate

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

UFAL realiza curso de Língua Brasileira de Sinais

Um novo incentivo para quem deseja aprender a se comunicar com deficientes (sic) auditivos. Em janeiro de 2008, a Organização Mulungu, em parceria com o Laboratório de Educação Popular do Núcleo de Saúde Pública e a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Alagoas (Proex/Ufal), iniciam um curso de Língua Brasileira dos Sinais (Libras).

Com duração de cinco meses, o curso será realizado no Telecentro Mulungu Digital, localizado no bairro do Bom Parto. A mensalidade custará R$ 35,00 e a matrícula poderá ser feita mediante apresentação dos documentos de identidade e CPF. As aulas acontecem todas as segundas e terças-feiras das 19h às 20h.

A ação pretende capacitar cinqüenta pessoas e é aberta a movimentos populares, organizações não-governamentais, profissionais da área de saúde, familiares, educadores, amigos e demais interessados. O curso visa a difusão e o uso da tradução e interpretação da Libras-Português e a inclusão plena dos deficientes (sic) auditivos em todos os níveis da vida social.

Foram selecionados mais de 450 sinais da língua e o vocabulário foi definido com base em cursos oferecidos por outras instituições do País. O conteúdo conta com o ensino do alfabeto manual, números, cumprimentos, horas, meses, doenças, transportes, dias, cores, vestuários, alimentos, saúde, direitos, verbos, adjetivos, pronomes, etc.

Em 2002, a comunidade surda pôde comemorar mais uma vitória: a regulamentação da Lei n.º 10.436, de 24 de abril de 2002, que reconhece a Libras como meio legal de comunicação e expressão. Segundo a legislação, as instituições devem incluir a língua como objeto de ensino, pesquisa e extensão em suas grades curriculares. Entretanto, poucas se preocupam em oferecem o curso básico de Libras atualmente.

Mais informações: (082) 9948-1555 (Luiz Carlos)

Fonte: UFAL

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...