Translate

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Megaprotesto em Maceió

Deu na Gazeta de Alagoas - hoje

"Centro deve parar com manifestação de grevistas


Servidores alagoanos em greve realizam hoje, em Maceió, assembléias para discutir os rumos do movimento e, logo em seguida, se unem em um megaprotesto contra a falta de negociação com o governo. Eles também vão denunciar o uso da força policial para conter as manifestações públicas das categorias. A concentração será a partir das 10h, na Praça Sinimbu, centro da capital alagoana.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação (Sinteal), Girlene Lázaro, a manifestação de hoje servirá como desagravo aos demais segmentos do funcionalismo em greve, pela forma como o governo recrudesceu, em especial na segurança aos prédios públicos.

“O governo coloca a PM na rua em vez de responder às reivindicações dos servidores. Essa concentração toda causa constrangimento ao servidor, que quer apenas se manifestar, reivindicar”, diz a sindicalista.

O ato público cujo lema é “Em defesa de Alagoas - pela democracia, com paz, justiça e direito” terá concentração prevista para as 10h, segundo ela, na Praça Sinimbu, de onde sairá em caminhada pelas ruas do Centro."

Professores da UFAL emitiram indicativo de greve. Correios estão parados. Especialmente, faz tempo que não se recomenda adoecer em Maceió, pelas paralisações de médicos, impedidos até de pedir demissão, por liminar. A defesa da continuidade dos serviços essenciais é vista como álibi para levar à ilegalidade as reivindicações de trabalhadores. Megaprotestos tendem a ser mais eficientes do que sacrificar os usuários dos serviços, que não pagam salários de nenhum servidor.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...