Translate

quarta-feira, 9 de maio de 2007

XIX Assembléia Geral da Comissão Pastoral da Terra

"Foi realizada entre os dias 24 e 27 de abril em Goiânia, Goiás, a XIX Assembléia Geral da CPT. Sob o lema “O meu povo viverá muitos anos como as árvores e se deliciará com os frutos do trabalho de suas mãos”, os 80 participantes vindos de todas as partes do país puderam, nesses quatro dias, discutir e refletir sobre a conjuntura política nacional, com a assessoria do professor e advogado Plínio de Arruda Sampaio; e sobre a Lei de Gestão Florestal, com a assessoria do engenheiro florestal e pesquisador do Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) Niro Higuchi. Os agentes e trabalhadores da CPT debateram, ainda, as ações desenvolvidas pela entidade em todo o País. De norte a sul, os camponeses, as comunidades tradicionais e sem-terra recebem o apoio e o acompanhamento da Pastoral da Terra a partir de três temas centrais: terra, água e direitos. E dentro destes eixos, os participantes da Assembléia apontaram prioridades, que compuseram, depois, a Carta Final da Assembléia, divulgada amplamente no dia 2 de maio. Entre os desafios e as prioridades apontados estão: debater a reforma agrária a partir da função social da terra, garantida pela Constituição Federal; reforçar a luta das comunidades tradicionais por seus territórios e outras lutas no campo, como a da educação e dos assalariados, não só os da cana; e a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 438/2001 que prevê a expropriação de terras onde houver mão-de-obra escrava. A CPT ainda reafirma a água como um direito humano. No final da Assembléia foi eleito o novo vice-presidente da entidade, Dom Roque Paloschi, bispo de Roraima. O cargo era ocupado por Dom José Mauro Bastos, que morreu em setembro de 2006. "
Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria Nacional da CPT

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...